Loading

Hakuna Matata

"A gente é certo um pro outro, mas é errado pra ficar junto. A gente não se merece, não combina. Mas, sei lá, não parece certo ficar separado. Do mesmo jeito que parece totalmente errado ficar junto. Tem tudo pra dar certo. Mas é que a gente só sabe fazer dar errado."

- (via silenciais)

(Source: breakewen, via coraca0-de-tinta)

"Por quanto tempo já fiquei observando outros casais imaginando como e quando seria a minha vez? De manhã, de tarde e de noite. Pensando no como seria, e como faria. No final das contas, sobrava solidão. Me frustrei, sabe? Coloquei pressão demais em pessoas pequenas, em pessoas que não podiam me oferecer o que eu buscava. E eu queria construir. Não precisava ser um castelo, um palácio ou só uma palafita. Talvez até mesmo um barraco, mas eu queria, entende? Nem que minha casa fosse somente os braços de um alguém e a gente se beijasse na chuva, considerando uma goteira. Ficaria tudo certo. Eu só preciso de um lugar pra descansar. E eu estou falando de colo, não de colchão."

- Fred Medeiros. (via teleportear)

(Source: autorias, via coraca0-de-tinta)

"Só é possível entender o tempo quem resolve não jogar contra. Só quem o deixa agir em seus propósitos e fluir com seu caminhar lento, natural e tedioso. Eu sei. Não é nada fácil. É bem complicado tentar ser amigo do mesmo cara que faz lembrar sua dor. Mas, ainda assim, vez ou outra ele mostra o porquê de existir."

- Fred Medeiros. (via doistonsdeamor)

(Source: autorias, via doistonsdeamor)

"A educação virou desleixo. A dualidade entre o amor e a cama já não é a mesma. Os conceitos pré-julgados sobre a paixão ficam para o segundo plano. Hoje primeiro se dá, depois recebe. A inversão, distorção dos valores se enveredou por caminhos tortos e longos, a sociedade faliu e sofre de um amor estuprado. Os rostos ruborescidos de vergonha e carinho já não existem. Os olhos húmidos, transitórios e bastante pueris foram extirpados dessa nação hipócrita que insiste em semear prazer efémero, dores, sofrimento e desespero. Palmas para você que esbanja uma lista de amores vagabundos. Palmas para você que acha que o amor é isso: se atirar em um negrume rio fundo por raiva ou vaidade e ficar esperando que o seu par arremesse uma bóia para poder te salvar do seu orgulho que só te afoga. Palmas para você que senta todos os dias à mesa com os seus familiares e não faz um ínfimo esforço para perguntar como vai a vida, ou dizer que aquela quiche, mesmo que ruim, estava deliciosa, apenas para agradar a vovó. Palmas para você que não coloca em prática o amor que lhe foi dado. Já basta de palmas, já dói as mãos, já dói meus olhos exauridos de ver tanto sofrimento e falta de amor, já sangra meu coração retraído, extinto e preso que se sente como um peixe fora d’água. O amor primordial foi deixado de canto e o prazer momentâneo afugenta toda e qualquer idéia de volta. O prazer é ótimo, delicioso e é o tempero essencial para o prato principal que é o amor."

- Túlio Santos | Palmas para a sociedade. (via escandalos-p-o-e-t-i-c-o-s)

(via coraca0-de-tinta)

"Quando você encontrar um amor que vale a pena, faça-o durar."

- Ron Pope (via gramaticas)

(Source: re-fugios, via gramaticas)

"Um brinde à quem quer e não pode ter. Um brinde à quem teve e quer esquecer."

- Esteban. (via allaxg)

(Source: decifro, via allaxg)

"Em bora,
Ir embora
Pareça o certo.
Me imbola
Nos teus (a) braços
Para eu nunca mais ir
(Embora)"

- Maria Clara.   (via involuntus)

(Source: complicaste, via involuntus)